Mobilidade

A mobilidade contribui ativamente para o desenvolvimento territorial ao potenciar e assegurar o estabelecimento de vínculos entre pessoas, entidades, bens e serviços. Ao longo dos últimos anos, esta comunidade intermunicipal tem realizado esforços nesse sentido com diversos parceiros estratégicos por forma a identificar e reduzir as debilidades detetadas no Médio Tejo às escalas municipal e regional.

O dinamismo projetado para a região tem-se consolidado através de soluções inovadoras que visam garantir a plena acessibilidade às infraestruturas, equipamentos e serviços locais, bem como adequar a capacidade de resposta da rede de transportes às reais necessidades das populações (residente e não residente) e do tecido empresarial.


Projetos em desenvolvimento

Transporte a Pedido

icon-AI-areasÁREA DE INTERVENÇÃO

Mobilidade

icon-AI-projPROJETO

Transporte a Pedido no Médio Tejo

icon-AI-enquadENQUADRAMENTO

A fase de arranque do projeto teve o apoio do Programa Operacional Temático Valorização do Território (POVT) com o intuito de promover o essencial direito à mobilidade, numa lógica de inclusão social através do estudo, desenvolvimento, aplicação e avaliação de soluções que colmatem as lacunas existentes na rede de transportes coletivos do Médio Tejo, em particular nas zonas de baixa densidade populacional.

A modalidade de transporte público resultante deste processo demarca-se pelo caráter pioneiro ao permitir que seja o passageiro a solicitar o serviço (autocarro ou táxi), mediante reserva prévia da viagem, dentro dos circuitos disponíveis nas freguesias e concelhos abrangidos.

icon-AI-objOBJETIVOS GLOBAIS & ESPECÍFICOS

Aumento da cobertura da rede de transportes coletivos

Garantir uma oferta superior no que respeita à área territorial e períodos temporais, ao longo do dia e do ano, nos locais onde esta não exista ou seja deficitária.

icon-AI-acoesAÇÕES

Estudo sobre soluções de transporte flexíveis

Análise e avaliação de novas formas de organização dos serviços de transportes públicos, que se adequem às necessidades das populações e comportem menos custos.

Experiência piloto

Confirmação da viabilidade do serviço Transporte a Pedido e verificação da sua adequabilidade às necessidades da população. A experiência piloto teve lugar no concelho de Mação a partir de janeiro de 2013 e foi alargada, em maio do ano seguinte, aos concelhos de Sardoal e Abrantes (zona norte).

icon-AI-munCONCELHOS ABRANGIDOS

Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha

icon-AI-timeDURAÇÃO

desde 2009

icon-AI-docDOCUMENTAÇÃO

Despacho 7575/2012 de 1 de junho

icon-AI-onlineONLINE

Transporte a Pedido

icon-AI-finFINANCIAMENTO

FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

PIAL - Programa Intermunicipal de Acessibilidade Local

icon-AI-areasÁREA DE INTERVENÇÃO

Mobilidade

icon-AI-projPROJETO

PIAL – Programa Intermunicipal de Acessibilidade Local

icon-AI-enquadENQUADRAMENTO

O projeto surge no âmbito do Programa RAMPA – Regime de Apoio aos Municípios para a Acessibilidade (POPH - Programa Operacional Potencial Humano), considerando os princípios da universalidade e da igualdade consagrados na Constituição da República Portuguesa e tendo presente que a acessibilidade constitui uma condição essencial para o pleno exercício da cidadania, vivência urbana e construção de uma sociedade inclusiva.

A primeira fase engloba a elaboração de Planos Locais de Promoção da Acessibilidade, incidindo em oito áreas urbanas do Médio Tejo e 62 edifícios públicos, a par de ações de sensibilização, formação e divulgação desta temática junto de diversos públicos. Na segunda fase encontra-se previsto o alargamento dos estudos a outros municípios do território de intervenção, a aquisição de equipamentos adequados a pessoas com necessidades especiais, assim como a criação de um símbolo de estabelecimento acessível de forma a fomentar a aplicação de boas práticas no domínio da acessibilidade, também no sector privado.

icon-AI-objOBJETIVOS GLOBAIS & ESPECÍFICOS

Marketing territorial

Contribuir para uma visão da acessibilidade integrada como fator diferenciador no marketing territorial, procurando sinergias e dinâmicas económicas no sector privado.

icon-AI-acoesAÇÕES

Planos Locais de Promoção da Acessibilidade

Elaboração de estudos com diagnóstico das lacunas existentes nas acessibilidades do espaço público urbano e apresentação de propostas para a sua resolução, incidindo a primeira fase em oito áreas urbanas do Médio Tejo (Abrantes, Pego, Rossio ao Sul do Tejo, Tramagal, Entroncamento, Ourém, Fátima e Tomar).

Sensibilização e formação

Realização de ações de sensibilização com o objetivo de consciencializar a população sobre o seu contributo na garantia dos objetivos da acessibilidade, ao nível da participação cívica e da utilização do espaço público;

Realização de ações de formação com os principais agentes de transformação urbana (públicos e privados) por forma a desenvolver e implementar formas inovadoras de gerir e intervir no espaço público.

Sistema de Informação Participado (pial.mediotejo.pt/pial)

Página de internet que permite a partilha de sugestões sobre a temática da acessibilidade e a exposição de situações de inacessibilidade no espaço público.

Aquisição de equipamentos

Colmatação das lacunas detetadas no espaço público urbano através da aquisição de equipamentos adequados a pessoas com necessidades especiais.

Símbolo Regional de Acessibilidade

Criação de um símbolo de acessibilidade para a região do Médio Tejo, cuja exposição identifique as infraestruturas e equipamentos de entidades sensíveis à temática da acessibilidade, nomeadamente na área dos serviços e comércio.

icon-AI-munCONCELHOS ABRANGIDOS

FASE 1: Abrantes, Entroncamento, Ourém e Tomar

icon-AI-timeDURAÇÃO

FASE 1: 2010 - 2012

FASE 2: desde 2014

icon-AI-docDOCUMENTAÇÃO

n/a

icon-AI-finFINANCIAMENTO

FSE - Fundo Social Europeu

 

Notícias

PrevNext

6 Municípios do Médio Tejo distinguidos por práticas ‘Familiarmente Responsáveis’

O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis distinguiu na terça-feira, dia 14 de novembro, 61 municípios com a Bandeira Verde por terem práticas amigas das famílias, como apoios à maternidade e...

15-11-2017

SERTÃ - Pinhal Maior abre candidaturas para o concurso “Moovideias”

Decorre até dia 28 de novembro o período de candidaturas à III edição do Concurso de Ideias de Negócio “Moovideias”, dinamizada pela Pinhal Maior, a realizar-se na Sertã e com...

14-11-2017

Maria do Céu Albuquerque reeleita Presidente da CIM do Médio Tejo

O Conselho Intermunicipal da CIM do Médio Tejo realizou-se, a 27 de outubro, para proceder à instalação da Presidência e Vice-Presidência da CIM do Médio Tejo, nos termos da alínea...

27-10-2017

Adaptação às Alterações Climáticas, projeto apoiado pela União Europeia

No âmbito de candidatura aprovada ao POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, encontra-se em curso o desenvolvimento de Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas. Alinhados...

26-10-2017

Sistema de videovigilância para incêndios florestais, projeto apoiado pela União Europeia

No âmbito de candidatura aprovada ao POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, promoveu-se a operacionalização dos serviços para “Fornecimento, Instalação e Monitorização de um Sistema...

26-10-2017

Aprovação da candidatura intermunicipal “Formação de Públicos Estratégicos”

Foi rececionado no passado mês de julho a notificação da decisão de aprovação da candidatura intermunicipal “Formação de Públicos Estratégicos” ao Eixo Prioritário 3 – Promover a inclusão social e...

25-10-2017

Qualificação Profissional Administração Pública Local – Ações realizadas na CIM Médio Tejo

Para o presente ano de 2017, ainda não existe abertura de candidaturas para cofinanciamento de ações de formação, no entanto, a CIM Médio Tejo continua a desenvolver a sua atividade...

25-10-2017

Bibliotecas do Médio Tejo em andamento

Realizou-se dia 20 de outubro,  com a presença do Sr. Subdiretor-geral, Dr. Luis Santos, Dr. Bruno Eiras, Drª Rosa Domingues e Mª João Guerreiro da DGLAB – Direção Geral dos...

23-10-2017

Projeto CAMINHOS volta a unir a região em 2018

O projeto CAMINHOS surge no contexto da vontade e coesão interna já estabelecida a nível político no seio desta Comunidade Intermunicipal e os seus Municípios integrantes no sentido de reforçar...

16-10-2017

Eventos

Est-2020

sig

Vive o Empreendedorismo

central-compras

transporte-a-pedido